59% das microempresas não possuem uma página na web

Fiquei muito impressionado com a pesquisa realizada pela GoDaddy para conhecer como os microempresários estavam usando a internet como apoio.

Foi revelado que 59% dos participantes disseram que não possuem seu próprio site.

“Enquanto temos certeza de que todos estão online, a realidade é que para muitos pequenos negócios isso simplesmente não é verdade”, comentou Blake Irving (TBD), CEO da GoDaddy. “O que fica claro é que esses micro negócios estão percebendo que se eles não se engajarem online por completo, eles estarão em desvantagem competitiva”.

A pesquisa teve um público de 4.000 micro empresários, onde as empresas tinham 5 funcionários ou menos. São exatamente estes empresários que precisam de ferramenta de baixo custo, como a internet, para aumentar a capilaridade de seus negócios. A estatística por ser global compõe a amostragem nos países Austrália, Brasil, Canadá, Índia, México, Turquia, Reino Unido e Estados Unidos.

Outra revelação de miopia destes microempresários é que 35% dos deles disseram que acreditam que suas empresas são pequenas demais para ter uma página na web. Mas, ao mesmo tempo, muitos microempresários afirmaram que entendem que estão em desvantagem competitiva por não ter seu próprio site.

E-commerce_box6

Abaixo as principais estatísticas da pesquisa:

  • 55% afirmou que tem a intenção de criar seu próprio site nos próximos dois anos;
  • 48% acredita que seus negócios crescerão 25% ou mais nos próximos 3 a 5 anos;
  • 81% afirmou que espera crescimento de 10% ou mais. Não são expectativas irreais – dos que já possuem website, 59% afirmou que seu negócio cresceu uma vez que construíram seu site;
  • 48% disse que tem a intenção de vender seus produtos em seus sites (e-commerce), dentro de um ano de lançamento da página;
  • 52% afirma que a criação de um site irá expandir sua base de clientes localmente, enquanto um em dez acredita que irá expandir a base de clientes nacional e internacionalmente;
  • 84% acredita que é importante que seus novos sites sejam compatíveis para o formato mobile.

Enfim, 59% de microempresários que precisam de ferramentas e estão mal assessorados.

Importante escolher uma empresa séria para te apoiar no crescimento de suas metas.

Leia: 10 Dicas para contratar uma Agência Digital

A sua marca está em uma rede de 1 Bilhão de pessoas?

Você gostaria de inserir sua marca, produto ou serviço, em um local onde 1 bilhão de pessoas poderia ter contato?

face1biVocê gostaria de inserir sua marca, produto ou serviço, em um local onde 1 bilhão de pessoas poderia ter contato?

Pois é! O Facebook atingiu 1 bilhão de usuários conectados em um dia na última segunda-feira, 24/Agosto.

Ou seja, uma em cada sete pessoas no planeta acessou o Facebook para se conectar com alguém em um período de 24 horas. Isso é fantástico!

No mês de Julho o Facebook já havia revelado que tinham atingido a marca de 1,49 bilhões de usuários ativos mensalmente. O que representa um crescimento de 13% comparando com 2014.

10 Dicas para contratar uma agência de publicidade

Começando ou não um novo negócio é certo que o marketing e a publicidade irá lhe ajudar a trazer mais clientes.

Começando ou não um novo negócio é certo que o marketing e a publicidade irá lhe ajudar a trazer mais clientes. E quando isso não acontece é porque, provavelmente, houve algum erro na estratégia ou execução do trabalho.
Inclusive é importante levar em consideração que existem nichos de mercado onde o marketing institucional sobrepõe o promocional por limitação de regras. Geralmente acontecem com áreas especificas e de profissionais liberais onde o código de publicidade de seus órgãos regem condutas restritas para publicidade.
No entanto a necessidade de uma empresa, ou profissional, ter consultoria e assessoria publicitária é a mesma de possuir um contador.
O Marketing e a Publicidade é quem faz o seu potencial cliente, que pode estar consumindo o produto/serviço do seu concorrente, enxergar que você existe e pode atendê-lo melhor. E a partir daí, além de aumentar sua carteira de clientes, poder fidelizá-lo.
Mas no mercado brasileiro o desafio é na contratação da agência. No estado inteiro de Minas Gerais existem somente 224 agências certificadas pelo Conselho Executivo das Normas-Padrão (CENP). A certificação do CENP já é o primeiro passo para verificar se a agência tem solidez e estrutura competente para lhe atender. Afinal, estes são alguns dos critérios que o CENP leva em consideração na análise para certificar uma agência.

​​1. Verificar se a agência é Certificada CENP
O CENP certifica as agências que possuem as melhores práticas para o trabalho publicitário. Estes requisitos são fundamentais para a qualidade do serviço de uma agência.

Para você verificar se a agência que você está contratando tem o certificado do CENP basta ir no link a seguir: http://200.212.54.151/cenp.htm

2. Verificar se a agência está associada à APP
Estar associado a Associação de Profissionais de Publicidade é sinônimo de uma agência atualizada, integrada ao mercado publicitário da sua região, como também possuir profissionais que tenham contato com eventos constantes.
Para verificar se sua cidade tem um capítulo da APP basta clicar no link a seguir: http://appbrasil.org.br/app-brasil/capitulos-regionais/

3. Conhecer o Portfólio
O que mais gera prejuízo para as empresas é contratar oportunistas que na hora de vender prometem aquilo que não conseguem entregar. Esses tipos de profissionais é que desgasta e desvaloriza o profissional de marketing. As agências que investem em inovação, atendimento, metodologia, acabam sendo prejudicadas por “profissionais” que não geram resultados e consomem boa parte do orçamento direcionado pela empresa.

Por isso observar o portfólio, a estrutura do site da empresa, seus serviços e resultados são fundamentais para não perder dinheiro e tempo contratando amadores.

4. Conversar com Clientes
Verifique a lista de clientes e converse com alguns deles para saber como estão sendo atendidos. Importante você encontrar esta informação porque, provavelmente, será como você será atendido também.

5. Conhecer a Estrutura de Operação
Conhecer a estrutura de atendimento, planejamento, criação, gestão de projetos e estratégia da agência que irá contratar é de extrema importância para os resultados que você busca.
É neste estudo que você irá entender a experiência dos profissionais e da estrutura profissional que irão cuidar da sua marca e de suas informações.

6. Conhecer o dono ou os sócios
Antes de colocar sua empresa, sua marca e suas informações nas mãos de um grupo de profissionais é importante você conhecer quem os lidera. Por isso a visita e uma reunião com o dono, ou com os sócios da agência, pode poupar você de perder dinheiro e informações.
Imagina uma informação estratégica da sua empresa, como o lançamento de produto ou um diferencial de serviço, cair nas mãos de seu concorrente!
Isso, além de ter prejuízo imensurável, o faz perder meses, ou até anos, de força competitiva.
E sem dúvida os liderados são espelho do líder. Disciplina, organização, acessibilidade e respeito são qualidades importantes para um gestor de equipe criativa e estratégica.

7. Buscar informação sobre a Reputação
Este critério parece ser um detalhe mas é crucial para a valorização de seu investimento. Primeiro porque uma empresa com má reputação pode provocar descrédito institucional para sua marca.
O que implica, diretamente, na confiança que o potencial cliente tem para adquirir seu produto ou serviço. Como também na sua confiança diante de qualquer planejamento estratégico que pode levar sua empresa a dispender recurso acima do necessário.

8. Conhecer a Gestão das Informações
Como que a agência irá trabalhar, tratar e manter suas informações? Qual o grau de segurança que existe? Há algum documento que faz os funcionários da agência ter responsabilidade diante das informações que você passa? Há uma cláusula de confidencialidade no seu contrato? – Estas são algumas perguntas que você tem que fazer antes de assinar o contrato.
Perder informações estratégicas em um mercado competitivo como o atual é o mesmo que perder o freio na montanha russa.

9. Verificar como são medidos os resultados​​Métricas
Você está contratando uma agência por qual motivo? Qual sua necessidade para investir em consultoria ou assessoria de marketing? Esse objetivo tem que estar claro para você poder mensurar se o investimento está compensando. Mas a agência que você contratar já tem que possuir alguma metodologia de mensuração dos resultados. Profissional que mede seus resultados, planeja campanhas e cria ações mais assertivas. E isso faz seu dinheiro e investimento valorizar.

10. Conhecimento e Inovação
Esta é uma dica que vai fazer com que sua empresa ande na frente de muito concorrente. Verifique como a agência que você está escolhendo se atualiza e busca inovação.
Várias vezes já presenciei gente que diz ser profissional da publicidade e do marketing, vendendo ser especialista, mas não lê nem revista e nem site do assunto que trabalha.
Faça perguntas! Queira saber como a agência se atualiza. Veja se há eventos internos e pesquisa. Saiba se o líder é referência, antenado, estudioso.

Desta forma você conseguirá fazer do seu dinheiro um grande investimento. E ter resultados que multiplicarão seu faturamento e o fará crescer de forma sustentável e competitiva.

=)

Dia da Propaganda